Nova Denominação ao Prédio da Câmara Municipal de Dom Bosco

por Edna — publicado 26/06/2013 19h38, última modificação 14/08/2015 13h23
Foi aprovado em turno único por unanimidade em 04/05/09, o Projeto de Resolução nº 002/09, de autoria dos Vereadores - BENEDITO RODRIGO (Dêgo), FRANCISCO GUEDES, VICENTE JOSÉ e ROBERTO CARLOS, que dispõe sobre a nova denominação ao Prédio da Câmara, "Palácio Osvaldo Moreira Braga".

A Mesa Diretora da Câmara fará constar placa alusiva a esta homenagem no Prédio da Casa Legislativa. Em sessão solene se realizará a instalação da nova denominação do Prédio, em data a ser marcada pela Mesa Diretora, ouvido os familiares do homenageado.

 
 
 
Osvaldo Moreira Braga, nasceu em 26 de junho de 1928, na cidade de Quintinos, município de Carmo do Paranaíba - MG, filho de Adalberto Moreira Lício e dona Afonsina da Silva Braga, e desta união tiveram 13 filhos: Nelson, Oscar, Osvaldo, Emília, Maura, Valdemar, Guiomara, Maria, Flaviana, Antônio, Ilda, Sinval e Julieta. 

As suas primeiras letras foram feitas na Escola Estadual Carmo do Paranaíba. Osvaldo casou-se com Maria das Dores de Jesus em 24 de dezembro de 1948, com quem teve seis filhos: Geraldo Moreira Braga, Maria Braga dos Santos, Ilson Moreira Braga, Eneida dos Reis Guedes, Edson Moreira Braga e Adalberto Moreira Braga.

Em 1971, mudou-se para a então Vila Dom Bosco juntamente com sua família, que nessa época era um pequeno povoado carente de infra-estrutura, não tinha posto de abastecimento de combustível e ele buscava de fora para servir a população. Sempre foi um homem trabalhador e interessado no progresso da região. 

Sensibilizado com os problemas de seus conterrâneos, decidiu lutar mais diretamente por eles, através de um cargo público. Assim, construiu aqui o palco de sua vida política, na qual ingressou em 1982, foi eleito com 229 votos para o Cargo de Vereador pelo PDS, representando então a Vila Dom Bosco na Câmara Municipal de Bonfinópolis de Minas. Sendo reeleito em 1988, pelo PMDB com 267 votos. 
Foi um legislador ativo, representando aqui o Prefeito Municipal, tomando frente nos serviços de obra da administração como: construção de pontes, abertura de estradas, assistência às escolas rurais, construção da rede de água e esgoto, cuidava do cemitério municipal. Dizia que gostaria muito que o Prefeito Municipal olhasse pelo pequeno povo de Dom Bosco.

Graças ao seu esforço, realizou um trabalho brilhante em prol desta comunidade. Afastou-se da política por problemas de saúde que aos poucos foi se agravando. 

Veio a falecer aos 77 anos, em 07 de junho de 2006.